André Venzon : Docentes | StudioClio - Instituto de Arte & Humanismo

André Venzon

Artista plástico

Nasceu em Porto Alegre. Diplomado em Desenho pelo IA/UFRGS. Ingressa em 1995 na Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Desde 1996 desenvolve pesquisa na área de Percepção Ambiental e Desenho Urbano. Inicia desenho artístico em 1997 com Plínio Benhardt no Museu de Arte do Rio Grande do Sul (MARGS). Em 1999 ingressa no curso de Artes Visuais do Instituto de Artes da UFRGS. Dedica-se ao estudo dos conceitos de lugar na construção poética dos seus trabalhos. Atuou em oficinas de educação em arte e cidadania, no Projeto de Descentralização da Cultura (Ilha da Pintada) e na Ong Cristal Florido (atual presidente). Como mediador de visitas a exposições artísticas, acumulou larga experiência com turmas escolares na leitura de obras de arte, tendo atuado em diversas instituições, como MARGS, BIENAL DO MERCOSUL e SANTANDER CULTURAL. Diante de sua forma de olhar e perceber a arte como atributo social, participou, ainda, do FUMPROARTE (PMPA), da Associação Riograndense de Artes Plásticas Francisco Lisboa (atual presidente), do Centro Acadêmico Tasso Corrêa (IA-UFRGS), e é membro do Conselho Estadual de Cultura (atual vice-presidente). Produziu projetos e eventos para Bienal B, Santander Cultural, SMC-PMPA (Festival de Arte de Porto Alegre) e em 2007 trabalhou como coordenador-assistente na ação educativa da exposição No Ar: 50 anos de vida do Grupo RBS (Usina do Gasômetro). Nos últimos anos realizou as seguintes exposições, entre as quais se destacam: 18º Salão de Arte Jovem de Santos (2001); 3º Salão de Arte de Porto Alegre e o 21º Salão Arte-Pará (2002); 3º Salão Nacional de Arte de Goiás (2003); Exposição de Lançamento do MAC-RS (2004), neste mesmo ano, ganhou concurso público para construção do monumento em homenagem aos 100 anos da 1ª Imigração Judaica organizada para o Brasil, no Parque Farroupilha, em Porto Alegre. Em 2005, participou da 4ª Bienal de Arte e Cultura da UNE em São Paulo; exposição cole
 tiva "10 Indicam 10" no Centro Cultural Cândido Mendes e a individual BOATES no Centro Cultural dos Correios, ambas no Rio de Janeiro. Em 2006 realizou a exposição individual no MARGS e expôs com o artista Igor Sperotto o projeto Cidade Sem Face, na 10ª Bienal de Santos (SP), na Galeria Iberê Camargo na Usina do Gasômetro e na Galeria de Arte do DMAE, ambas em Porto Alegre e no 13° Salão da Bahia, do Museu de Arte Moderna na Bahia. Em 2007 é indicado para o I Prêmio Açorianos de Artes Plásticas na categoria Escultura; é convidado para curador da Bienal B; artista-âncora do Essa Poa é Boa; e oficineiro da Rede Nacional de Artes Visuais da Funarte em Parintins, Manaus e Rio de Janeiro. Em 2008 realiza individual na Fundação Cultural de Criciúma e participa do X Salão de Arte Victor Meireles em Florianópolis. Atualmente realiza graduação em História, teoria e crítica na UFRGS.

<< Mais docentes
Nome